Número total de visualizações de página

quinta-feira, 12 de maio de 2016

GOUVEIA


Não é conhecida pela designação que vai em título da lenda, mas sim por Calçada dos Galhardos (o que vai dar ao mesmo), o troço de via romana que de Folgosinho conduz à Serra da Estrela, Valhelhas e Famalicão da Serra. Pertencia à via romana que ligava as localidades de Linhares e Gouveia, atravessando Freixo da Serra de Folgosinho até Manteigas, troço que ainda se pode encontrar com uma largura máxima de três metros e que se distribui ao longo de quilómetro e meio.
Pois a Calçada dos Galhardos é, segundo a lenda, a via construída, não pelos romanos, mas pelos Galhardos, nome atribuído aos demónios, pelo facto de terem na testa dois galhos ou chifres.
Diz-se então que os ditos Galhardos deitaram mãos à obra para a construírem de ponta a ponta numa só noite, mas era-lhes imposta a condição de a terminarem antes do cantar do galo. Se o galo cantasse, o trabalho e a empreitada acabaria logo ali.
Muitos dos ditos já cantavam vitória, pois pouco faltava para a calçada ficar pronta, com as lajas bem assentes e o piso de montanha própria para a passagem de carroças e a pé.
A calçada ainda não estava terminada quando o galo cantou.
Um dos diabos, que queria dar por finda a tarefa, disse:
“Vamo-nos, já cantou o galo.”
E outro, que a pretendia terminar, retrocou:
“Foi o galo pardo”.
O primeiro insistiu:
“Não, foi o galo preto romano.”
Mal foi identificado o galo cantante, todos largaram o trabalho e desataram a fugir para o lugar de onde tinham vindo.
Por isso, a calçada parece estar incompleta.

Sem comentários:

Enviar um comentário